No ostracismo, Lenny tenta voltar a se motivar com a carreira

No ostracismo, Lenny tenta voltar a se motivar com a carreira

Fora dos holofotes, Lenny joga pelo Madureira
Fora dos holofotes, Lenny joga pelo Madureira

Apontado como uma grande revelação do Fluminense em 2006, Lenny, aos 25 anos, segue tentando reviver os bons momentos no futebol. Jogador do Madureira, se vê um tanto desmotivado na carreira, mas sem perder totalmente a esperança.

– Depois que voltei do Japão (no Ventforest), tenho ficado mais fora dos holofotes e é o que eu prefiro. É ficar na minha, trabalhar e na hora certa voltar a falar mais. A vontade de jogar é grande (num clube de ponta), porque o que tem graça no futebol é você entrar num estádio lotado e ver a torcida gritando. Fora isso, não tem graça nenhuma. Senão, a gente larga a chuteira e fica jogando pelada – disse o atacante.

A grande exibição frente ao Cruzeiro no Mineirão, vestindo a camisa tricolor, está viva na memória de Lenny, mas o Palmeiras está no coração do atleta.

– Eu tinha acabado de fazer 18 anos. Teve aquele jogo e logo depois tiveram coisas absurdamente boas para mim. Mas um período que gostei bastante foi no Palmeiras em 2009. Falar em saudade, parece que nunca mais vai poder alcançar aquilo. Quero momentos como aquele de novo. É o que eu busco e vou continuar buscando.