Com gol de placa de Kayky e oportunismo de Fred, Flu bate o Nova Iguaçu

Sem uma atuação exuberante, mas efetivo. O Fluminense encarou o Nova Iguaçu, no seu reencontro com o Maracanã, pelo Campeonato Carioca. Com golaço de Kayky e bom posicionamento de Fred e oportunismo de John Kennedy, a equipe verde, branca e grená bateu o Nova Iguaçu por 3 a 1. Com o placar, o Time de Guerreiros chega aos 16 pontos e se mantém no G4 do Estadual.

O Fluminense iniciou a partida dominando a posse de bola, mas de forma estéril. A equipe abusou, em determinados momentos, da bola longa, facilitando as interceptações do adversário. A primeira grande chance veio com Nenê, que quase fez um gol olímpico aos 7 minutos jogados.

O Fluminense funcionava bem melhor pelo lado direito com Calegari e Kayky, do que peço lado esquerdo com Egídio e Luiz Henrique. No meio, Nenê forçava algumas jogadas e Fred pouco chegava na bola. Mas no primeiro tempo, nenhum chute dado na direção do gol, diferente do que ocorreria na etapa complementar.

Aos 6 minutos da etapa complementar, um gol de gente grande: Kayky recebeu pela direita, passou por três jogadores com uma facilidade impressionante, deixou a marcação de bumbum no chão e mandou para o fundo das redes. Gol de placa no Maracanã com a assinatura de Xerém!

Dez minutos depois, numa triangulação espetacular de Nenê, Luiz Henrique e Fred, veio o segundo gol do Fluminense: o centroavante, debaixo das traves, não perdoou após assistência do “vovô”. Com este, o ídolo tricolor fica a dois gols de se tornar o segundo maior artilheiro da história do clube, além de ter atingido os 400 na carreira. O rival diminuiu logo depois num chutaço sem chances para Marcos Felipe.

Próximo de terminar o jogo, Lucca fez boa jogada pelo direito, achou Caio Paulista, que obrigou o arqueiro do Nova Iguaçu a fazer grande defesa! No rebote, John Kennedy não desperdiçou e deu números finais ao jogo: 3 a 1.

Jornalista: Ex-Flu, Wellington Nem fecha com o Fortaleza

Wellington Nem foi campeão carioca e brasileiro pelo Fluminense em 2012 (Foto Dhavid Normando - Photocamera)

Revelado nas categorias de base do Fluminense, o atacante Wellington Nem já tem um novo clube. De acordo com a jornalista do GE, Thaís Jorge, o atleta fechou com o Fortaleza.

Anteriormente, o jogador já havia sido oferecido ao Vasco da Gama e a outros cubes do país, mas não fechou negócio. Em sua última passagem pelo Flu, Nem não conseguiu ter boas atuações, em 2019.

Vale lembrar que seu grande momento foi em 2012, quando, titular do Tricolor, foi fundamental na conquista do tetracampeonato brasileiro.

Frazan está fora do jogo contra a Portuguesa

(Foto: Lucas Merçon - FFC)

O Fluminense terá nova dupla de zaga para a segunda rodada do Campeonato Estadual. Depois de perder Luan, que poderá passar por cirurgia, Frazan é a nova baixa para o confronto com a Portuguesa neste domingo, às 16h, no Maracanã.

O zagueiro Frazan sentiu uma lesão muscular durante os treinamentos e está fora do jogo. Luan Freitas fraturou o quinto metatarso do pé esquerdo e, assim, a dupla de zaga deve ser formada por Higor e um dos três: Davi, Geovani ou o recém-contratado Wiris.

Em contrapartida, Ailton Ferraz terá como opções ofensivas os atacantes Matheus Martins e João Neto e, possivelmente, de Ganso.

“Perder jogo me deixa puto”, comenta Egídio sobre a pressão da torcida

Ninguém gosta de sair de campo derrotada. Titular da lateral-esquerda do Fluminense, Egídio falou sobre isso em entrevista ao “Desimpedidos”. Além disso, o jogador comentou a respeito da pressão da torcida verde, branca e grená.

– Sou um jogador que você vai me ver de cantinho lá, ficando quetinho, pegando a bola e tocando de lado para não me expor. Eu não. Se eu estou defendendo essa camisa aqui que hoje é do Fluzão, eu vou querer que meu time sempre vença. Então, eu vou jogar para vencer, vou me expor em prol do meu time. Cada vez mais que você se expõe, vai mais ao fundo para cruzar, cruzar, cruzar, não vai acertar dez, quinze cruzamentos. Eu tenho muitas assistências na carreira por ir ao fundo e cruzar. Treino muito isso. E acho que é isso que acontece. Eu não me escondo. Quando tem de ajudar o time, eu vou. Esse é meu perfil. Gosto de jogar. Quem não tem medo, acaba às vezes sofrendo um pouco mais. Não me empolgo com elogios, mantenho os pés no chão. Quando vem a crítica, eu também não me abato. Eu me blindo com a minha família e sigo trabalhando para melhorar – disse e complementou:

– Perder jogo me deixa puto. No mais, eu sou muito mais alegre e descontraído. Brinco quando pode brincar, mas quando tem de ser sério, é seriedade – frisou.

Santos deve estrear novos reforços contra o Flu nesta quinta-feira

Foto: Ivan Storti/Santos FC

Na próxima quinta-feira, o Fluminense enfrenta o Santos, no Maracanã, e o clube paulista deve ter a estreia de alguns reforços contratados recentemente. O meia Vinícius Zanocelo, ex-Ferroviária-SP, treinou com bola pela primeira vez na última segunda e a tendência é que viaje para o Rio de Janeiro e seja opção do técnico Fernando Diniz no banco.

Outro que também pode estar à disposição é o volante Camacho, ex-Corinthians. O jogador rescindiu com o Corinthians para acertar com o Peixe e treinou no CT Rei Pelé na última segunda. Nesta terça, ele deve ser anunciado oficialmente como reforço até dezembro de 2022.

No caso de Camacho, existe a chance de ser titular. Isso porque o zagueiro Luan Peres está suspenso e o outro zagueiro, Luiz Felipe, é dúvida. Logo, uma opção é escalar o volante Alison como zagueiro e abrir espaço para Camacho no meio-campo.

A provável escalação santista tem: John, Pará, Luiz Felipe (Danilo Boza), Kaiky (Vinicius Balieiro ou Camacho) e Felipe Jonathan; Alison, Jean Mota e Marcos Guilherme; Marinho, Lucas Braga (Gabriel Pirani) e Kaio Jorge.

Alvo do Flu no início do ano, Jean Pyerre pede para deixar o Grêmio, diz jornalista

Jean Pyerre foi alvo do Fluminense no início do ano (Foto: Lucas Uebel - Grêmio)

Alvo do Fluminense no início do ano, o meia Jean Pyerre pediu para deixar o Grêmio. De acordo com informações do jornalista Vagner Martins, da Rede Bandeirantes, o atleta não está feliz no clube gaúcho e já teria manifestado ao técnico Tiago Nunes, em reunião particular, seu interesse de ir embora.

Ainda segundo o repórter, o caso deve ser levado à diretoria do Tricolor gaúcho, que tem uma sinalização de uma proposta de um clube do futebol europeu não revelado. A cúpula de futebol do Grêmio, inclusive, já trabalha no mercado para a contratação de um meia que possa repor a saída do jovem.

Jean Pyerre chegou a ter boas atuações no Estadual e no início da Libertadores deste ano, mas voltou a ser criticado por torcedores por conta de sua postura dentro de campo. Vale lembrar que o Fluminense tentou a contratação do jogador por empréstimo no início do ano, antes da disputa da primeira fase da Libertadores.

No entanto, Jean acabou seguindo no Grêmio mesmo após atritos com o técnico Renato Gaúcho, que o barrou no fim da última temporada, mas não está mais no clube gaúcho. A tendência, caso o atleta seja negociado, é que vá para a Europa.

David Braz exalta Nino e Claro, e reconhece: “Roger está sendo muito coerente”

(Foto: Mailson Santana - FFC)

Lutando por espaço na zaga do Fluminense, David Braz teve sua primeira chance como titular na partida do último domingo, contra o Red Bull Bragantino, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro. Isso porque Luccas Claro, primeira opção, foi poupado por conta do acúmulo de jogos.

Em entrevista, David exaltou seus companheiros de posição, em especial Nino e Claro, que hoje formam a dupla de zaga titular. Elogiou também o técnico Roger Machado, que, segundo ele, tem sido coerente em suas decisões e já declarou que dará oportunidade a todos.

– O Roger está sendo muito coerente. Vem jogando Nino e Luccas Claro, uma dupla que vem de um bom Brasileiro. Nino vem jogando na seleção olímpica, Luccas fez um grande campeonato na temporada passada… Eles estão muito bem nesta temporada também. Sabemos a importância de estar com uma zaga entrosada. Eu e Manoel chegamos agora, sabíamos disso. Mas sabemos que precisarão da gente. É um ano de muitos desafios, muitas competições. Tem sido assim em todos os clubes. O professor já deixou bem claro que precisará do grupo todo – disse, complementando:

– Estamos absorvendo muito bem essas opções e as escolhas dele. Ele falou que não gosta de ter uma primeira opção, ainda mais porque disse que todos os zagueiros estão no mesmo nível, que ele acredita muito no trabalho dos cinco, tem o Matheus Ferraz também. Ele deixou bem claro que se o Nino estiver fora o Manoel que vai atuar, e se o Luccas Claro estiver fora eu que estarei atuando neste primeiro momento, mas que temos que trabalhar por esse espaço. Para ele, não existem titulares. É com essa confiança dele que trabalhamos no dia a dia, respeitando as decisões e as opções do treinador – afirmou.

Após 17 jogos em dois meses, desgaste do elenco liga o alerta da comissão técnica

(Foto: Mailson Santana - FFC)

O empate por 2 a 2 nesse último domingo, em Bragança Paulista, contra o Red Bull Bragantino, teve um gosto de vitória para o Fluminense. Isso porque o Tricolor perdia por 2 a 0 e foi buscar a igualdade no marcador já nos acréscimos. Mas apesar disso, a partida trouxe preocupação para o técnico Roger Machado, com dois de seus titulares sentindo problemas físicos.

Nino e Samuel Xavier deixaram o gramado com dores e por mais que a primeira avaliação não tenha apontado lesão, o clube ligou o alerta do desgaste físico do elenco devido a maratona de jogos. Nos últimos dois meses (57 dias), foram 17 partidas entre finais e meios de semana, uma média de um jogo a cada 3,3 dias. Lembrando que o Flu disputa três torneios simultâneos (Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil).

Contra o Santos, na próxima quinta, a tendência é que Nino e Samuel fiquem fora. Ainda há a chance de Roger poupar outros atletas, como fez no último domingo. Luccas Claro, Martinelli, Nenê, Gabriel Teixeira e Fred não enfrentaram o Bragantino. Outros atletas como Egídio, Yago e Caio Paulista também vêm de sequência grande de jogos.

Abel Hernández já tem mais gols do que partidas como titular pelo Fluminense

(Foto: Mailson Santana - FFC)

Abel Hernández vai aos poucos conquistando cada vez mais seu espaço no Fluminense. Com mais um gol marcado diante do Red Bull Bragantino, no último domingo, pelo Brasileirão, o atacante uruguaio já tem mais bolas na rede do que partidas como titular pelo Time de Guerreiros.

São seis gols marcados, contra cinco partidas iniciando entre os titulares. Abel iniciou a partida contra Madureira e as duas partidas contra a Portuguesa-RJ, pelas semifinais do Carioca. No Brasileiro, atuou desde o primeiro minuto nos dois jogos fora de casa, contra São Paulo e Red Bull Bragantino.

Abel balançou as redes contra Madureira, Portuguesa-RJ, Flamengo, Red Bull Bragantino (2x) e Junior Barranquilla (COL) até aqui em sua trajetória com a armadura tricolor. Destas, três foram de pênalti (Madureira, Portuguesa-RJ e Red Bull Bragantino, pelo Brasileiro).

Defensor revela um dos principais motivos por ter aceitado proposta do Flu

(Foto: Mailson Santana - FFC)

Último dos reforços contratados pelo Fluminense para a temporada a fazer sua estreia com a camisa tricolor, o zagueiro David Braz revelou um dos principais motivos por ter aceitado a proposta do clube verde, branco e grená, e deixado o Grêmio, seu ex-clube.

– Foi um dos motivos, sim. O espírito (de guerreiro) que o grupo tem nos jogos é histórico no Fluminense. Lembro em 2009, quando o time estava brigando para não cair, fez uma grande campanha de recuperação e no ano seguinte foi campeão brasileiro. É histórico no clube de nunca desistir em meio às dificuldades. E ano passado esse grupo resgatou isso. Eu tinha acompanhado um jogo em que estava atuando no Grêmio. Foram dois jogos muito difíceis – lembrou ele, recordando ainda de uma conversa com Muriel:

– Até comentei com o Muriel depois que, dos últimos times do Fluminense que eu tinha enfrentado, este era o mais difícil. E aí surgiu a oportunidade de vir jogar aqui e logo lembrei dessa partida. Vi a qualidade do grupo, vi os desafios que o grupo tinha na temporada e me interessei bastante por esse projeto, pelas pessoas. O interesse do Fluminense foi muito grande pelo meu trabalho, e isso me deixou muito contente e aceitei esse desafio. Está sendo uma honra – disse.

Adeus precoce: Flu libera Metinho para se apresentar ao seu novo clube

(Foto: Mailson Santana - FFC)

Destaque da equipe sub-17 do Fluminense na conquista do último Campeonato Brasileiro da categoria, o volante Metinho, que estava integrado ao elenco sub-23 do Tricolor, foi liberado para se apresentar ao seu novo clube, na Europa. O jogador foi negociado com o Grupo City, assim como Kayky. Este, porém, só se despedirá em 2022.

Ao contrário de Kayky, que vai diretamente para o Manchester City, da Inglaterra, comandado pelo técnico espanhol Pep Guardiola, Metinho deve ser emprestado para ganhar mais experiência. Seu provável destino é o Troyes, da França. O atleta fez apenas 1 jogo como profissional pelo Flu, contra a Portuguesa-RJ, pelo Carioca desse ano.

Nascido no Congo, Metinho veio para o Brasil ainda bebê e foi revelado nas categorias de base do Time de Guerreiros, em Xerém. Sua apresentação ao clube europeu foi selada em comum acordo entre as diretorias de Fluminense e do Grupo City.

“Batizado” de Apis, reação tricolor e invencibilidade mantida; Os bastidores de Bragantino x Flu

No último domingo, o Fluminense foi a Bragança Paulista e arrancou um empate com sabor de vitória contra o Red Bull Bragantino, por 2 a 2, pela 3ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de sair perdendo por 2 a 0, o Tricolor buscou o resultado e chegou a igualdade já nos acréscimos.

Além da reação e da invencibilidade mantida no Brasileirão, com uma vitória e dois empates em três jogos, a partida também marcou a estreia de Gustavo Apis entre os relacionados. O jovem foi devidamente “batizado” pelos colegas de elenco.

Confira os bastidores:

Zagueiro vibra com estreia como titular com a armadura tricolor: “Para mim é uma honra”

(Foto: Mailson Santana - FFC)

No último domingo, o zagueiro David Braz fez sua estreia para valer com a camisa do Fluminense, no empate em 2 a 2 com o Red Bull Bragantino, em Bragança Paulista, pelo Campeonato Brasileiro. O atleta já havia jogado cerca de 7 minutos na última quarta, contra o mesmo adversário, pela Copa do Brasil, mas dessa vez atuou os 90 minutos e como titular. Em entrevista, vibrou com seu primeiro jogo inteiro.

– Primeiramente eu agradeço a Deus. Poder estrear com essa Armadura Tricolor para mim é uma honra, mais um time grande na minha carreira. Eu estava louco por essa oportunidade, ela apareceu na quarta-feira e foram 7 minutos que eu procurei aproveitar ao máximo. E dessa vez eu tive a oportunidade de jogar os 90 minutos. Eu me senti bem tecnicamente e fisicamente dentro da partida. Foi a primeira vez que atuei com alguns jogadores. Fico feliz por essa partida e por essa equipe, que eu acredito bastante que pode ter um grande ano e quem sabe fazer história no clube – disse ele, avaliando o desempenho em sua estreia:

– Minha avaliação foi boa para uma estreia, ainda mais da forma como foi o jogo, em que conseguimos buscar o resultado e trazer um ponto para casa. Sabemos o quanto isso é importante, ainda mais jogando fora. Fiquei muito feliz com a atuação – declarou.

Com pausa nas Copas, Flu terá sequência para tentar embalar no Brasileiro em junho

(Foto: Mailson Santana - FFC)

Nas oitavas de final da Libertadores, o Fluminense só volta a campo pelo torneio continental em meados de julho. Também nas oitavas da Copa do Brasil, o Tricolor aguarda o sorteio para conhecer seu próximo adversário. Com as duas Copas em “pause”, o Time de Guerreiros foca somente no Brasileirão para embalar na competição.

Neste mês de junho, o Flu terá cinco jogos até o fim do mês, sendo três em casa, no Maracanã, e dois fora, longe do Rio. Com 5 pontos, o Tricolor é o 7º colocado na tabela de classificação e está a 4 pontos dos líderes, Fortaleza e Athletico-PR.

Confira a sequência do Flu em junho:

17/06 – Santos (Maracanã)
20/06 – Fortaleza (Castelão)
23/06 – Atlético-GO (Antonio Accioly)
27/06 – Corinthians (Maracanã)
30/06 – Athletico-PR (Maracanã)