(Foto: Mailson Santana - FFC)

Destaque do Fluminense no primeiro semestre, na disputa do Carioca e da primeira fase da Libertadores, o atacante Kayky, que está a caminho do Manchester City, da Inglaterra, revelou em entrevista ao programa “Tá Na Área”, do SporTV, que sofreu nos profissionais.

Segundo o jovem, o porte físico foi o motivo. Acostumado a jogar com adversários que tinham seu mesmo biotipo na base, o atacante não conseguiu se adaptar ao jogo mais forte dos profissionais e sentiu.

– A minha equipe jogava de uma forma muito física. Chegando agora no profissional eu sofri. Os jogadores eram bem mais fortes que eu. Senti que, o time jogando um pouco mais com a bola no pé, eu poderia dar mais sim na parte ofensiva – disse ele.