Fábio está a sete partidas de recorde na Libertadores (Foto: Vinicius Silva - Cruzeiro)

Fábio está bem perto de ser confirmado como reforço do Fluminense. E o goleiro tem chances de quebrar um recorde na Libertadores. Afastado da competição nos últimos anos por conta do momento ruim do Cruzeiro, é o segundo jogador brasileiro com mais partidas na história do torneio.

No total, Fábio já disputou 83 partidas na Libertadores. Ainda não foi campeão. Ficou com o vice-campeonato em 2009 (o Cruzeiro perdeu a decisão para o Estudiantes, da Argentina). São 46 vitórias, 19 empates e 18 derrotas.

À sua frente no país só Rogério Ceni, ex-goleiro e atual técnico do São Paulo. Quando atleta, atuou 90 vezes pelo Tricolor paulista.



Com 41 anos de idade e 17 de Cruzeiro, Fábio chegará ao Fluminense com contrato de uma temporada. Está sete jogos atrás de Rogério. Caso assuma a titularidade e o Tricolor chegue à fase de grupos, ultrapassa. Afinal, a equipe tem duas partidas contra o Millonarios (COL) pela segunda fase. Se for à terceira, fará mais dois (contra Atlético Nacional (COL) ou Olímpia(PAR) ou Universidad César Vallejo (PER)). Na fase de grupos são seis compromissos. Então, se fizer todos, já disputará dez.

Veja os jogadores brasileiros recordistas em partidas na Libertadores:

1º – Rogério Ceni- 90 jogos
2º – Fábio – 83 jogos
3º – Danilo (meia) – 82 jogos
4º – Henrique (volante) – 81 jogos
5º – Manga- 73 jogos
Leonardo Silva – 73 jogos