(Foto: Lucas Merçon - FFC)

O Fluminense vai reestruturar boa parte do seu elenco na próxima temporada. E um dos atletas que não vai ficar no clube é Abel Hernandez. O NETFLU apurou com pessoas próximas ao jogador que o centroavante, muito querido pelo elenco, já comunicou aos familiares que não continuará no Tricolor para 2022. O salário alto, acima dos R$ 400 mil, também pesou na decisão da cúpula de futebol.

Depois de um início bastante promissor do Fluminense, fazendo gols importantes em jogos onde substituía Fred, o atacante Abel Hernandez caiu de produção. O declínio teve relação, sobretudo, com uma lesão que o tirou de combate por alguns jogos, perdendo espaço para Bobadilla e John Kennedy.

Além do Internacional, na América do Sul o uruguaio já defendeu as cores do Peñarol (URU) e Central Español (URU). No entanto, foi na Europa que Abel alcançou seu auge. Pelo velho continente, o atleta chegou a defender o Palermo (ITA) por seis temporadas e o Hull City (ING) por quatro. Ele atuou ainda por um ano no CSKA Moscou (RUS) e no Al Ahli (QAT).


Até aqui, Abel disputou 39 partidas pelo Fluminense. Foi titular em 10 e marcou oito gols, ocupando o posto de vice-artilheiro do elenco na temporada, atrás apenas de Fred, com 20 tentos.