Richarlison custou R$ 10 milhões ao Fluminense (Foto: Mailson Santana - FFC)

Dos jogadores contratados neste ano, Richarlison foi aquele que mais custou aos cofres do Fluminense. O clube adquiriu metade dos direitos econômicos do jovem por R$ 10 milhões. Titular nas últimas partidas, tem até feito algumas boas atuações, mas só fez três gols e mostrou-se irregular. Apesar  disso, a diretoria não considerou um erro o alto investimento.

O atacante é frequentemente chamado para defender a seleção brasileira sub-20. Foi novamente lembrado por Rogério Micale, mas acabou cortado por conta da lesão sofrida no jogo contra o Cruzeiro.

Segundo o presidente do Fluminense, Peter Siemsen, o valor investido em Richarlison no início do ano seria, no mínimo, facilmente recuperado em caso de negociação. Isso, por si só, já prova que o investimento valeu a pena.

– O Fluminense não costumava olhar para o futuro e é algo que deveria ser assimilado. É necessário trazer jogadores, que acrescentam e tem crescimento no valor de mercado impressionante. É o caso do Richarlison. Foi convocado pela terceira vez seguida para seleção sub-20, virou titular recentemente e fez 19 anos. Muito jovem, forte e que já temos sondagens de aquisição. Se a próxima gestão achar que é melhor vender, também tem valor de mercado forte.