Lucca poderia ter sido trocado por Gustavo Scarpa, mas negociação não evoluiu

Jogador que foi comentado como possível reforço do Fluminense em uma troca que não aconteceu por Gustavo Scarpa, Lucca não ficou nem no banco de reservas do Corinthians no jogo de quarta, contra o PSV, da Holanda, pela Florida Cup. O atacante não gostou da situação e reclamou. Ele ainda avisou que não quer ser moeda de troca.

– Para ser sincero, não fico satisfeito com isso, não. Procuro estar sempre evoluindo, creio que não estou satisfeito com essa situação, de ser moeda de troca, até porque tenho meu valor. Esse assunto é um pouco chato para mim, não gosto, não fico feliz com isso. Às vezes o pessoal fala, e tenho de saber lidar com essa situação. Mas não fico nem um pouco satisfeito ouvindo essas conversas – disse.

A insatisfação de Lucca, pelo menos momentaneamente, deve dar uma diminuída no sábado. O técnico Fábio Carille já prometeu utilizá-lo contra o Rangers, da Escócia, também pela Florida Cup.

– Tive a conversa com o Lucca, sim, ele está nos planos, tem contrato, sabe disso, e no jogo de sábado vai jogar 45 minutos. É bom se sentir incomodado (por não jogar). Ele fez um ano maravilhoso em 2017 e faz parte dos planos, sim – falou.

Depois de Scarpa, o Corinthians agora mira a contratação de Henrique Dourado.