Ameaças da Ferj não intimidam o Fluminense

Ameaças da Ferj não intimidam o Fluminense

Agência Ferj)
Agência Ferj)

A Ferj enviou uma cópia de um documento à CBF impondo condições para seus filiados participarem da Primeira Liga. Nele, há sanções previstas, algo que não abala o Fluminense. A cautela é grande no clube, da mesma maneira que não há hipótese de recuo em participar do torneio regional.

Para atuar fora do Rio (a estreia contra o Atlético-PR deve ser marcada para Brasília), o Flu precisaria do aval da Federação, algo que não é cogitado dentro das Laranjeiras. O objetivo de marcar a partida para outro estado foi justamente o de evitar possíveis retaliações ou pressões do presidente Rubens Lopes na tentativa de evitar a realização de um jogo à sua revelia. Mesmo assim a postura não muda.

– O cenário ideal seria o do acordo. Mas ninguém acha que a federação vai dar o ok. E o caminho vai acabar sendo jogar mesmo assim – disse um dirigente do clube não identificado ao jornal Extra.

O Fluminense busca, atualmente, uma aproximação com a Federação Brasiliense para contar com seus funcionários, no dia do duelo contra o Furacão, em funções como a de delegado da partida, árbitro, auxiliares e quadro móvel. Caso não tenha sucesso, terá que usar pessoas ligadas às federações que apoiam o torneio (Minas Gerais, Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul).


Sem comentários