ANAF explica o que muda com a profissionalização dos árbitros

ANAF explica o que muda com a profissionalização dos árbitros

midia-indoor-esporte-arbitro-futebol-juiz-campeonato-cartao-vermelho-jogo-partida-apito-jogador-bola-1272050712388_300x300Nesta sexta-feira, a presidente do país, Dilma Roussef sancionou a lei de profissionalização dos juízes de futebol. Neste sentido, o mandatário da Associação de Árbitros de Futebol (ANAF), Marcos Antônio Martins, explicou o que muda para os donos do apito.

– Muda a relação. Antes os árbitros eram obrigados a aceitar o que a CBF impunha. Agora, a relação trabalhista estabelece que haverá acordos coletivos – afirmou o presidente da Anaf, Marco Antônio Martins, que complementou: – As taxas não são tão baixas, mas não houve reajustes recentes. E há outras questões além das taxas, como não podermos emitir passagens por conta própria, ter que se condicionar fisicamente sozinho, o patrocínio. Isso vai ser negociado.


Sem comentários