André revelou ter recebido muito apoio de Fred em período no qual foi pouco aproveitado (Foto: Lucas Merçon - FFC)

Se hoje vive bom momento no Fluminense, André chegou a estar encostado com o ex-técnico tricolor Roger Machado e, por pouco, não saiu do clube. Porém, afirmou que não chegou a ter problemas de relacionamento com o antigo comandante. O volante garante ter sempre trabalhado com muito afinco no aguardo de uma oportunidade e lamenta que o espaço tenha aparecido em virtude de uma grave lesão de Hudson.

— Isso acontece em todo o lugar, às vezes vai chegar um treinador que não vai gostar do jogador. Quando acontece, o primeiro é procurar outro clube. Não deixei de treinar. Nunca tive discussão com ninguém. Foi questão de escolha, o elenco é qualificado. Nunca deixei de treinar, chegar cedo no CT, frequentar academia. Independentemente da situação. Infelizmente, teve a lesão do meu amigo Hudson, que me ajuda muito – disse ao canal do Victor Lessa.

André poderia ter sido negociado por empréstimo para jogar a Série B por CRB ou Botafogo. Mas quando entrou se firmou no time. Ele contou também que o apoio de Fred no período conturbado foi fundamental para sua permanência.