(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Em entrevista, o volante André comentou sobre o entrosamento entre os moleques de Xerém. Atualmente, o elenco profissional do Fluminense é quase que 50% formado por atletas criados na base.

Segundo André, esse presença forte de atletas formados em casa e que já se conhecem de categorias inferiores facilita o entrosamento e também o processo de amadurecimento e de acostumarem-se com os profissionais.

– Fico feliz da minha geração se dar super bem. São moleques extraordinários. O entrosamento fica bem mais fácil desde a base. Isso facilita muito – disse ele.