Foto: Lucas Merçon/FFC

O site GloboEsporte.com relembrou as diversas lesões que atormentaram o elenco do Fluminense em 2017. Ao todo, foram nove cirurgias (só Gum passou por duas operações), além de problemas musculares, entorses, e dos problemas crônicos de Douglas (artrite reativa) e Wellington Silva (púbis). A dupla aliás, ficou fora do jogo contra o Corinthians e é dúvida contra a Ponte. Veja:

Diego Cavalieri
O goleiro Diego Cavalieri sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no jogo contra o Vasco, dia 29 de janeiro, e desfalcou o time por 10 jogos, retornando na partida contra o Boavista, dia 12 de março.

Renato Chaves
O zagueiro, que começou a temporada como titular, passou a sentir incômodo no tornozelo direito em razão da presença de uma placa de um parafuso, frutos de uma fratura sofrida no fim do ano passado. Ele passou por uma cirurgia para retirar a peça no fim de maio. Desfalcou a equipe por 15 jogos, até retorno, dia 26 de julho.

Gum
O experiente zagueiro é quem mais sofreu com lesão na temporada. Antes mesmo de estrear, foi submetido, em fevereiro, a uma cirurgia para corrigir uma fratura por estresse no quinto metatarso do pé direito. Quando retornava aos treinos, voltou a sofrer a mesma lesão, no fim de maio. Seu primeiro jogo no ano foi somente em 12 de outubro. Mas no início de novembro, teve um estiramento na coxa esquerda e voltou a se ausentar.

Henrique
O capitão teve diagnosticada uma lesão na coxa esquerda após a partida contra o Vitória, em 10 de setembro, e só voltou a ser relacionado no dia 1º de novembro, no jogo de volta contra o Fla, pela Sul-Americana. Desfalcou o time por 11 partidas.

Reginaldo
O zagueiro teve um estiramento na coxa direita contra o Coritiba, dia 16 de julho, e ficou 12 partidas de molho, voltando no dia 17 de setembro, contra o Atlético-PR.

Nogueira
O jovem zagueiro sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo contra o Coritiba, dia 16 de julho, e ficou cinco jogos sem ser relacionado, retornando contra a Ponte Preta, dia 9 de agosto.

Renato
O lateral-direito sofreu um estiramento na coxa direita contra o Avaí, dia 15 de outubro, e está fora do time há nove partidas.

Pierre
Após sentir o tornozelo esquerdo no fim de maio, o volante foi submetido a uma artroscopia no começo de junho junho. Voltou a ser relacionado somente no fim de outubro, mas ainda não reestreou.

Douglas
O volante teve diagnosticada uma artrite reativa, uma rara síndrome que faz sofrer muitas dores nas articulações depois de intensa atividade física. O problema afastou o jogador durante um longo período entre junho e setembro e também o tirou de algumas partidas isoladas, desde que retornou. É dúvida para partida desta segunda-feira.

Richard
Contratado em agosto do modesto Atibaia, o volante surpreendeu e ganhou um lugar no time titular em outubro. No começo de novembro, porém, sofreu um estiramento na panturrilha esquerda e não tem previsão de retorno.

Mateus Norton
Titular contra o Coritiba no dia 9 de novembro, o volante teve um edema na coxa direita e não foi relacionado nas partidas contra Cruzeiro e Corinthians.

Luiz Fernando
O jovem volante sofreu uma ruptura no ligamento do joelho direito em junho, precisou ser submetido a uma cirurgia e só retorna a campo na próxima temporada.

Marquinho
Devido a uma tendinite patelar no joelho direito, o meia passou por uma cirurgia no início de julho. Ele só voltou a ser relacionado quase cinco meses depois, na última quarta-feira, na partida contra o Corinthians.

Gustavo Scarpa
O meia sofreu uma fissura no pé direito na semifinal da Taça Guanabara, no di 25 de fevereio. Fez tratamento conservador para não precisar operar. Retornou 14 de maio, já na estreia do Brasileirão.

Sornoza
O meia fraturou o tornozelo esquerdo na estreia do Fluminense no Brasileirão, contra o Atlético-MG, dia 21 de maio. Submetido a uma cirurgia, voltou a ser relacionado apenas na quarta rodada do segundo turno, contra o Vasco, dia 26 de agosto. Desfalcou o time em 22 partidas, contando também outras competições.

Wellington Silva
Destaque no primeiro semestre, o atacante ficou cerca de um mês longe dos gramados em razão de uma lesão crônica no púbis. O problema, inclusive, fez o Bordeaux desistir de sua contratação. Depois de retornar ao Flu após a negociação frustrada, perdeu o lugar no time titular e tem desfalcado o time em partidas isoladas em razão das dores.

Robinho
Contratado ao Figueirense no meio do ano, Robinho sofreu uma fissura no quinto metatarso do pé direito na partida contra o Bahia, no dia 29 de outubro. Só retornará aos campos na próxima temporada.

Marquinhos Calazans
O jovem atacante sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito na partida contra o Atlético-GO, dia 5 de agosto. Operado, só retorna aos campos na próxima temporada.

Felipe
Relacionado para três partidas na temporada, o atacante sequer chegou a entrar em campo em 2017. Rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito durante um treino em junho, precisou ser operado, e só volta em 2018.