Fluminense faturou quase R$ 900 mil com royalties até maio de 2021 (Foto: Mailson Santana - FFC)

Por mais que o planejamento tenha sofrido atraso, realizar jogos nas Laranjeiras do time profissional ainda está na mira do Fluminense. O NETFLU apurou que o presidente Mário Bittencourt segue otimista e busca processos incentivados e outras parcerias para tocar o projeto. Também foi verificada a questão arquitetônica no sentido de manter o estádio de acordo com o padrão em respeito às normas de tombamento.

O mandatário tricolor espera fazer jogos pequenos do Fluminense já a partir da próxima temporada, no Estádio Manoel Schwartz. O objetivo é similar ao do Projeto Laranjeiras XXI, descartado pela cúpula tricolor: usar a Lei de Incentivo à Cultura para a reforma do patrimônio, mantendo a estrutura atual do estádio.

Vale lembrar que o estádio ainda preserva sua estrutura e suas fundações. A partir do laudo, os dados foram encaminhados ao Comitê de gestão do clube para avaliar os próximos passos em relação ao estádio. O assunto, contudo, é mantido em sigilo.