Mascarenhas entrou no fim da partida contra o Figueirense e se emocionou (Foto: Reprodução da Flu TV)

A vitória de 4 a 0 sobre o Figueirense, na última quinta-feira, nas Laranjeiras, além de recolocar o Fluminense na disputa por um lugar na segunda fase do Campeonato Brasileiro de Aspirantes, teve um sabor para lá de especial para Mascarenhas. Afinal, por conta de lesões, não conseguia atuar pelos últimos dois anos.

O lateral-esquerdo entrou nos minutos finais, mas se emocionou com a nova oportunidade.

— Muito feliz. Conversava muito com meu pai que esse momento iria chegar, a oportunidade apareceu e Papai do Céu é bom demais. Dois anos sem jogar, muito feliz pela volta – disse.

Mascarenhas teve até dificuldades para encontrar as palavras que traduzissem o sentimento pelo retorno aos campos.

— Não sei nem explicar. Quando conversaram comigo que eu iria jogar, já passava um filme na minha cabeça. Foi muito difícil, mas me preparei, apareceu o momento. Deus foi bom, com dez minutos consegui correr e voltar a ser feliz com o futebol – disse.