(Foto: Nelson Perez - FFC)

Futuro ainda incerto. O zagueiro Ygor Nogueira, cria da base do Fluminense, mal saiu do Tricolor para defender o CRB e foi chamado de volta. Ele estava emprestado pelo Tricolor até o fim do ano, mas a nova direção tricolor solicitou o retorno para negociá-lo em definitivo com outro clube de fora do país.

Vinculado até abril de 2020 ao Time de Guerreiros, o jogador sofria, como o restante do elenco, com os constante atrasos salariais. Ainda sem poder falar sobre o futuro, o atleta preferiu se esquivar sobre sua negociação com um clube estrangeiro.

– Não posso dar muita informação até que se concretize. Não estou treinando no Fluminense. Aguardo apenas a negociação se concretizar para poder viajar. Minha cabeça está de boa. Não vou dar mais detalhe – disse, em entrevista ao NETFLU.

O site número um da torcida tricolor também perguntou a Nogueira se havia algum prazo determinado para o desfecho do negócio. Sem empresário atualmente, já que Carlos Henrique Brasil deixou de representá-lo, o defensor foi breve no comentário.

– Não sei, irmão – desconversou.

O zagueiro chegou ao CRB em maio deste ano, emprestado pelo Flu, mas não jogou. Participou das atividades e não foi aproveitado nem mesmo em jogo-treino. Insatisfeito no Fluminense por conta dos atrasos salariais e falta de oportunidades, o atleta mantinha sua rotina de trabalho, treinando no mesmo horário dos demais atletas tricolores, mas à parte – ou na academia do clube, ou no outro campo onde não está acontecendo o treinamento do elenco principal comandado por Fernando Diniz – enquanto esperava para ser negociado.