Após tanto ameaçar, Portuguesa entra na Justiça Comum

Após tanto ameaçar, Portuguesa entra na Justiça Comum

Depois de anunciar que entraria na Justiça Comum e ensaiar uma desistência, a Portuguesa, enfim, ingressou com um processo contra a CBF. O clube pede que seja anulado o julgamento do STJD que retirou quatro pontos da Lusa por conta da escalação irregular do jogador Héverton.

A ação, que corre na 43ª cível de São Paulo, tem um pedido de liminar para que a Portuguesa seja incluída na Série A de 2014. Caso a liminar seja aceita, quem cairia para a Série B é o Flamengo.

– Fui convencido. Tinha decidido, mas voltei atrás. Por isso é importante ouvir as pessoas com que a gente trabalha. Fui convencido porque a ajuda que eles (CBF) vão me dar não vai mudar a minha vida. Vamos ficar iguais. Então, vamos para a Justiça. Agora vai – afirmou o presidente da Lusa, Ilídio Lico.


Sem comentários