2Todos os sindicatos de arbitragem do Brasil promoverão nesta quinta-feira uma assembleia geral. Em pauta, a possível greve que pode paralisar todos as divisões do campeonato nacional. O debate surgiu após a aprovação da MP do Futebol, que fala do direito de arena dos árbitros, que teriam repasse de  0,5% dos valores de transmissão da TV

 

O presidente da Associação Nacional dos Árbitros de Futebol (Anaf), Marco Antônio Martins, informou que os encontros serão importantes para escolher as medidas tomadas pela entidade. Cabe à categoria marcar o início da greve, que atingiria as quatro divisões nacionais.

 

– Já tivemos um encontro com 40 árbitros no Rio, na última sexta. Vamos impetrar uma liminar na Justiça solicitando que não exibam mais nossas imagens nas transmissões. Na quinta, teremos uma assembleia geral em todos os estados para definir que tipo de reivindicação faremos à CBF. Apresentamos nossa pauta na CBF numa reunião na segunda-feira, pedindo apoio à MP (à inclusão do item vetado). Pedimos que a CBF interfira junto aos clubes para que a gente possa receber nossos direitos – explicou Marco.


Sem comentários