(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Por conta do avanço preocupante da pandemia do novo coronavírus, o presidente da Argentina, Alberto Fernández, decretou na última quinta-feira uma quarentena rigorosa pelos próximos nove dias em diversas regiões do país. E isso pode impactar diretamente no jogo entre River Plate e Fluminense, marcado para terça-feira, no Monumental de Núnez, pela última rodada do Grupo D da Libertadores.

Deste sábado até o dia 30 de maio apenas atividades essenciais serão permitidas nos locais onde o lockdown foi decretado. Buenos Aires, onde se localiza o estádio do River Plate, é um deles.

— Estamos vivendo o pior momento desde que a pandemia começou. Todos os dados científicos” mostram que a situação na Argentina é “gravíssima”. Estamos tendo a maior quantidade de casos e de falecidos. Um recorde (desde o início da pandemia no país). Não podemos naturalizar a tragédia. Temos que assumir a gravidade deste momento – disse o presidente argentino em pronunciamento.

Segundo dados oficiais, a Argentina tem mais de 72 mil mortos e quase 3,5 milhões de infectados pela Covid-19 até agora.