(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Nene terminou a última temporada como o principal artilheiro do Fluminense com 20 gols, sendo seis deles na Copa do Brasil — que lhe renderam o troféu de goleador da competição. Em 2021, no entanto, o meia tem se destacado por contribuir de outra forma na construção ofensiva. O camisa 77 é o líder em assistências da equipe, assumindo de vez o papel de garçom tricolor. Na atual temporada, já são seis passes para gol, ficando só a um de igualar a marca anterior.

Para Nene, a mudança de seu estilo de jogo se deve, fundamentalmente, à presença de Fred, que retornou ao Fluminense no meio da última temporada. Antes de o camisa 9 retomar sua forma ideal, o meia encontrava mais espaços para infiltrar na área e exercer uma função mais goleadora. Agora, com entrosamento cada vez mais afiado, o “Vovô” tem procurado servir ao centroavante. Uma parceira que ele espera que dê frutos novamente na partida desta quarta-feira, às 21h30, contra o Red Bull Bragantino, pelo jogo de volta da terceira fase da Copa do Brasil.

– Minha característica sempre foi essa, de dar assistências. No ano passado, realmente eu tive bem mais gols do que passes, mas nessa temporada, com a referência do Fred na frente, algo que não tinha tanto antes, muda um pouco a configuração e tenho atuado mais com assistências. A gente se entende bem – destacou Nene.