(Foto: Divulgação)

Considerado uma das grandes joias de Xerém até sofrer uma grave lesão que o tirou por mais de um ano dos gramados, Matheus Pato vem reencontrando a boa fase no leste europeu. Liderando o STK Fluminense Samorin, o jogador é o artilheiro isolado da Liga II da Eslováquia, com sete gols em seis jogos. Feliz, ele comemorou o bom momento com a camisa da filial tricolor na Europa.

– Estou bem melhor, com mais confiança, recuperando o meu ritmo de jogo natural. Estou tendo uma sequência de jogos, algo que não conseguia por conta das lesões, mas graças a Deus estou melhor e conseguindo atuar. Estamos no início da temporada, mas estou muito feliz por ter conseguido fazer tantos gols e mais do que isso fazer bons jogos – afirmou, em entrevista exclusiva ao NETFLU.

Com seis gols, Matheus Pato foi o artilheiro do Brasileirão Sub-20 conquistado pelo Tricolor em 2015. Ele era um dos destaques da equipe que tinha o volante Douglas e o meia Daniel. Agora na Eslováquia, ele ressaltou a importância do Flu Europa para a sua trajetória profissional.

– O projeto Samorin salvou minha carreira. É muito importante para mim, assim como acredito que é muito importante para Xerém e para o Fluminense. Estamos aprendendo coisas novas aqui, vivenciando uma nova cultura, uma escola de futebol diferente, que nos deixa mais forte mentalmente e com uma cultura tática maior. É um projeto muito no início, que se tiverem paciência, vai trazer grandes frutos para o Fluminense – concluiu.

Desde a última semana, o elenco da sucursal do Flu no Velho Continente também conta com Peu, que foi o goleador da segundona do país em na temporada 2016/2017, ao marcar 25 gols. Com a dupla Matheus Pato e Peu, o Fluminense espera conseguir a vaga na elite daquele país, tornando a parceria internacional autossustentável.