Assis: “Em 1985, argentinos colocavam carvão aceso no vestiário”

Assis: “Em 1985, argentinos colocavam carvão aceso no vestiário”

Assis participou da Copa Libertadores da América de 28 anos atrás

Em sua segunda participação na Copa Libertadores, o Fluminense não esteve bem, foi eliminado ainda na primeira fase e teve de conviver com situações hoje impensáveis. O ídolo Assis conta um fato que ocorreu na competição internacional de 1985.

 
– Antigamente a Libertadores era diferente. Hoje, de repente, você pega na fase de grupos times que não tem tradição e fica até mais fácil passar. Na época que jogávamos eram só o campeão e o vice dos países. Na nossa chave era Fluminense, Vasco e dois argentinos com tradição em Libertadores. Não tínhamos experiência, era muito difícil jogar na Argentina. Colocavam carvão aceso no vestiário, fazia a fumaça, depois tiravam. Entrávamos no vestiário e ficávamos tonto. Ninguém sabe disso. Hoje não podem fazer nada porque a televisão mostra tudo. Na nossa época era mais complicada – contou.

.