(Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Destaque do Fluminense na vitória contra o Cerro Porteño (PAR) fora de casa, o atacante Caio Paulista teve participação direta nos dois gols do time na partida.

Apesar da grande atuação do Flu e do resultado confortável como visitante, um lance roubou a atenção do espetáculo por conta do erro da arbitragem ao anular um gol que em tese estaria legal. O Cerro ainda tenta pedir a Conmebol a anulação da partida.

Sobre a jogada polêmica, Caio afirmou que o lance era legal, porém certificou que o árbitro parou antes da conclusão.

– A jogada estava se desenhando, e antes mesmo de concluir, o bandeirinha já havia levantado a bandeira e automaticamente o time parou. O lance claramente parou antes do fim. O gol foi legal pelo que vi nas imagens, mas a gente não tem culpa. Ele tomou a decisão antes, então o lance deveria ser anulado. Não dava para saber o tamanho do erro, mas foi coisa da arbitragem e do VAR. Foi tão rápido que sinceramente não lembro do apito do juiz. Estava de frente para o bandeira, que levantou antes