(Imagem: Reprodução/Instagram)

As gêmeas Natali e Nicoli Cruz, de 28 anos, atletas dos saltos ornamentais do Fluminense, relataram terem sido vítimas de racismo por parte de uma segurança do Shopping Tijuca, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O caso aconteceu na última quarta-feira.

As duas contaram que foram ao shopping após o treinamento e estavam, aguardando a mãe que tinha ido ao banco. Uma funcionária responsável pela segurança do centro de compras começou a segui-las, enquanto as duas estavam passeavam pelo local, e perguntou aos seguranças do banco se elas estariam incomodando, e nesse momento apontou para Nicoli.

Ambam afirmam chegaram a buscar algum responsável pela segurança do local, mas a resposta que receberam é que a acusação seria “esquisita”, pois a maioria dos funcionários da segurança eram negros.

Em suas contas oficiais no Instagram, as irmãs contaram o caso e fizeram um pedido por respeito.

Confira a publicação com o texto escrito pelas irmãs: