Atuações NETFLU – Fluminense 2 x 0 Goiás

Atuações NETFLU – Fluminense 2 x 0 Goiás

Foto: Bruno Haddad/Fluminense F.C
Foto: Bruno Haddad/Fluminense F.C

Por Leandro Dias

 

DIEGO CAVALIERI – NOTA 7,0

– Boas defesas, especialmente no segundo tempo. Seguro no jogo todo.

 

JEAN – NOTA 5,5

– Ofensivamente pouco apareceu. Limitou-se a marcar e foi eficiente.

 

GUM – NOTA 7,5

– Muito boa atuação. Teve de jogar por si e por Marlon, que não esteve numa noite feliz. Tirou tudo, por cima e por baixo.

 

MARLON – NOTA 4,0

– Autoconfiante demais, se recusa a dar chutão quando o momento pede. Quase complicou o time em alguns lances. No segundo tempo, mais equilibrado, atuou com correção.

 

LÉO PELÉ – NOTA 6,5

– Tem personalidade. Às vezes excede por pura imaturidade, mas não se esconde. Cruzou a bola para o primeiro gol.

 

PIERRE – NOTA 5,0

– É vibrante, tem garra e foi importante na proteção a defesa. Mas é atabalhoado. Faz muitas faltas, a maioria delas, sem necessidade. Também erra passes fáceis com frequência.

 

CÍCERO – NOTA 7,5

– A cabeça pensante do time. Mais ligado do que em jogos anteriores, foi quem organizou as jogadas, trabalhou a transição da defesa para o ataque e marcou melhor.

 

RONALDINHO – NOTA 1,0

– Marcou os zagueiros do Goiás como poucos. Nenhuma condição física para jogar profissionalmente. Pouco tocou na bola.

 

* MARCOS JÚNIOR – NOTA 5,5

– É afobado. Por vezes, escolhe a jogada errada, mas corre, marca, passa, dá opções e quase fez um gol.

 

GERSON – NOTA 5,0

– Ainda na ponta direita, jogou mais fechado do que de costume. Teve dificuldades para criar, pois Jean apoiava pouco por ali.

 

*OSVALDO – NOTA 2,0

– Opção de velocidade, não consegue dar sequência a praticamente nenhuma jogada. Mais uma partida muito fraca.

 

GUSTAVO SCARPA – NOTA 8,0

– Sumido no primeiro tempo, brilhou no segundo com um golaço. Foi mais participativo, tendo o auxílio de Léo Pelé pelo lado esquerdo.

 

*WELLINGTON PAULISTA – 3,0

– Entrou para jogar na ponta direita, marcando lateral, depois foi para a esquerda e só foi notado fazendo faltas. Pouco acrescentou.

 

FRED – NOTA 8,5

– Participação direta na vitória. Gol de quem sabe no primeiro tempo e passe açucarado para Scarpa executar uma obra-prima no Maracanã. Ainda se doou pela equipe, auxiliando na marcação.

 

 

EDUARDO BAPTISTA – NOTA 4,5

– Deu nova chance para Ronaldinho, que não aproveitou. Acertou ao sacá-lo no intervalo ao colocar Marcos Júnior. Porém, perdeu o meio-campo quando tirou Gerson e Scarpa para as entradas de Osvaldo de Wellington Paulista. O time não conseguia ficar com a bola, nem puxar contra-ataques.


Sem comentários