Marcos Felipe – Nota: 5

Praticamente assistiu ao jogo debaixo da meta tricolor. Não foi exigido em toda a partida.

Calegari – Nota: 6

Começou tímido e apoiou mais no segundo tempo. Chegou a ter boa chance, finalizando para fora após passe açucarado de Fred.

Nino – Nota: 5,5

O ataque do Macaé deu pouquíssimo trabalho.

Luccas Claro – Nota: 5,5

No mesmo nível do companheiro de zaga. Praticamente não foi ameaçado.

Egídio – Nota: 5,5

Sem trabalho defensivo, procurou o ataque com certa frequência. Foi pouco efetivo e no fim fez uma falta desnecessária que lhe valeu um cartão amarelo.

Martinelli – Nota: 7,5

Muito boa partida. Marcou e apoiou com eficiência. Deu assistência para gol de Fred num lance em que roubou a bola na intermediária.

Yago – Nota: 5

Não esteve inspirado. Cobriu com correção os espaços no meio de campo, mas faltou ajudar na transição com o ataque.

(Wellington, 28′ do 2ºT) – Nota: 5,5

Entrou para compor o meio de campo e fez o feijão com arroz.

Nenê – Nota: 6

Não fazia uma grande partida e pecava pelo individualismo. Pouco antes de sair, acertou linda cobrança de falta e fez o terceiro da goleada tricolor.

(Ganso, 34′ do 2ºT) – Nota: 6

No pouco tempo em que esteve no campo mostrou oportunismo para fechar o placar.

Kayky – Nota: 8

O melhor em campo. Pela direita, deu muito trabalho à zaga macaense. Mostrou categoria para abrir o marcador ao receber bom passe de Luiz Henrique. Deu uma cansada no segundo tempo.

(Gabriel Teixeira, 31′ do 2ºT) – Nota: 7

Entrou bem na partida. Com habilidade, deu trabalho à defesa adversária e, por pouco, não fez um golaço. Parou em boa defesa do goleiro do Macaé após arrancada linda.

Luiz Henrique – Nota: 6

Começou mal na partida e foi melhorando aos poucos. Deu passe para o gol de Kayky e teve um corretamente anulado por estar impedido.

(Caio Paulista, 28′ do 2ºT) – Nota: 5,5

Voluntarioso, mas um pouco afobado. Tentou as jogadas ofensivas o tempo inteiro.

Fred – Nota: 6,5

Estava apagado no jogo até receber passe de Martinelli e mostrar sua principal qualidade, a finalização mortal.

(Lucca, 34′ do 2ºT) – Nota: 5,5

Participou das triangulações ofensivas e chegou a finalizar uma bola com perigo por cima do gol.

Roger Machado – Nota: 6,5

Se o Fluminense não encantou, ao menos foi eficaz. Não deu chances ao lanterna e saiu de campo com uma goleada por 4 a 0. Aproveitou a facilidade para fazer testes na equipe.