Atuações NETFLU – São Paulo 2 x 1 Fluminense

Atuações NETFLU – São Paulo 2 x 1 Fluminense

Foto: Nelson Perez
Foto: Nelson Perez

DIEGO CAVALIERI – NOTA 5,0

– Sem culpa nos gols do São Paulo. Teve se virar em alguns lances com os pés em razão de recuos mal feitos.

GUM – NOTA 4,5

– Não teve responsabilidade direta pela derrota. Foi o jogador do sistema defensivo que menos errou.

ANDERSON – NOTA 4,0

– “Falso jogador técnico”, o zagueiro não transmite segurança. Tem velocidade, mas abusa dos chutões.

EDINHO -NOTA 2,5

– O pior dos três. Falhou no primeiro gol do São Paulo ao dar espaço para Luís Fabiano. Deslocado para o meio, errou passes, foi desarmado com facilidade e raramente roubou bolas.

IGOR JULIÃO – NOTA 3,5

– Cochilou no segundo gol do São Paulo. Muito marcado e sem ter opções com quem tabelar, não produziu no ataque.

DIGUINHO – NOTA 5,5

– Jogador mais lúcido do meio-campo. Longe de ter se destacado, mas, pelo menos, não comprometeu. Deu bom passe para Samuel no primeiro tempo.

JEAN – SEM NOTA

– Não vinha bem até sofrer lesão muscular. Pouco tempo para avaliação.

* KENEDY – NOTA 2,0

– Pior em campo. Muito verde, tocou pouco na bola e não incomodou a zaga do São Paulo em momento algum.

WAGNER – NOTA 3,0

– Andou em campo. Não armou, nem marcou.

* BIRO-BIRO – NOTA 5,0

– Um dos mais úteis do Fluminense no segundo tempo. Teve personalidade para arriscar as jogadas.

FELIPE – NOTA 3,0

– Não produziu nada. Atuação muito fraca.

* EDUARDO – NOTA 5,0

– Entrou buscando mais o jogo. Não teve grande atuação, mas marcou um golaço no fim.

CARLINHOS – NOTA 4,0

– Muita dificuldade para ir ao ataque. Apareceu mais quando Eduardo entrou.

SAMUEL – NOTA 3,5

– Isolado, brigou sozinho entre os zagueiros e também com a bola.

 

VANDERLEI LUXEMBURGO – NOTA 1,5

– Teve tarde de inventor. Sacou o jogador que mais rouba bolas do elenco, Willian. Pôs o Flu num retrancado 3-6-1, sem agredir o São Paulo. Ainda queimou uma substituição ao por o imaturo Kenedy em campo.