Ausência de software impediu exclusão de clubes da Timemania

Ausência de software impediu exclusão de clubes da Timemania

tmQuestionado de o porquê o Fluminense ter sido o primeiro grande clube excluído da Timemania, o procurador da Fazenda Agostinho Netto deu uma explicação curiosa.Segundo ele, a ausência de um software de 2007 a 2012 impediu a retirada de outras agremiações que estavam inadimplentes há mais tempo do que o Tricolor.

– Até o final do ano passado, não foram feitas quaisquer exclusões com fundamento em eventuais inadimplências. A razão é que inexistia ferramenta de informática no sistema de controle do parcelamento (Timemania), àquela altura ainda em desenvolvimento. Ainda assim, mesmo que houvesse uma exclusão, não seria possível o prosseguimento da cobrança judicial dos débitos por absoluta ausência de liquidez desses. Após esse momento, com a ferramenta de informática do sistema de controle do parcelamento (Timemania) disponível, em várias oportunidades, durante as incontáveis reuniões realizadas com representantes dos quatro grandes clubes do Rio de Janeiro, todos foram alertados para o fato de que acaso não havendo a regularização dos eventuais atrasos (no Timemania), aqueles que assim permanecessem (em atraso) em número igual ou superior a três parcelas, seriam imediatamente, nos termos da lei de regência, excluídos. Isso efetivou-se com dois clubes, ambos excluídos na mesma data – explicou Agostinho.