Eduardo Barros viu recuo do Santos após sair na frente (Foto: Marcelo Gonçalves - FFC)

O Fluminense empatou por 2 a 2 com o Santos, segunda-feira, na Vila Belmiro, no fechamento da 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Responsável por substituir Fernando Diniz, suspenso com três amarelos, à beira do gramado, Eduardo Barros comentou as mudanças ousadas no segundo tempo. No intervalo, trocou o zagueiro Luccas Claro pelo volante Martinelli, recuando André para o setor.


De acordo com o auxiliar técnico, havia necessidade de adiantar o time, pois o Santos, que terminou o primeiro tempo vencendo por 1 a 0, deu uma recuada.

— A gente precisava manter a formação, mas com características diferentes de alguns atletas. Eles tinham a vantagem, e era natural que recuassem as linhas. Precisávamos que a bola chegasse com qualidade ao ataque. Conseguimos fazer isso no segundo tempo e tivemos volume de jogo – disse.


Na próxima rodada, o Fluminense encara o Cuiabá, domingo, no Maracanã. Suspensos com três cartões amarelos, André e Caio Paulista serão desfalques. Fernando Diniz, Manoel, Felipe Melo e Marrony voltam após cumprir suspensão.