Biro Biro recebeu cartão vermelho contra o Grêmio, mas não atuou irregularmente depois disso (Foto: Photocamera)
Biro Biro recebeu cartão vermelho contra o Grêmio, mas não atuou irregularmente depois disso (Foto: Photocamera)

Segue a campanha contra o Fluminense em parte da imprensa, opinião pública, internet e redes sociais. Recentemente, surgiu mais um boato para tentar incriminar o Tricolor no Campeonato Brasileiro. Trata-se de que Biro Biro, supostamente, teria atuado de maneira irregular. Isso porque, expulso contra o Grêmio após receber o segundo amarelo nesta partida na qual entrou em campo pendurado, o atacante cumpriu apenas um jogo de suspensão, o seguinte, e depois retornou sem problemas. Para alguns “entendedores”, ele deveria ter cumprido dois. Mas Mário Bittencourt tratou de tranquilizar a torcida.

O advogado do Fluminense explicou que quando há o segundo amarelo nesta circunstância, o primeiro é anulado e o jogador cumpre a suspensão automática, voltando posteriormente pendurado de novo.

– Estou dizendo desde o início da semana que a imprensa e parte da opinião pública, não a imprensa do Rio, vem fazendo uma campanha forte contra o Fluminense. Com certeza quem lançou essa notícia jogou na internet. É coisa simples. Nós conhecemos o regulamento. Quando o atleta leva o terceiro amarelo e mais um amarelo no mesmo jogo, ele anula o primeiro amarelo. Ele cumpre a automática do vermelho e volta novamente pendurado – resumiu para os leigos.

Dessa maneira, Biro Biro só teria de cumprir duas suspensões consecutivas no caso de ter recebido o terceiro amarelo e, na mesma partida, fosse expulso diretamente.


Sem comentários