Mário não atribui queda de rendimento do Fluminense a Ronaldinho

Mário não atribui queda de rendimento do Fluminense a Ronaldinho

Ronaldinho teve passagem meteórica e sem brilho no Fluminense (Foto: Fluminense FC)
Ronaldinho teve passagem meteórica e sem brilho no Fluminense (Foto: Fluminense FC)

Ronaldinho teve passagem meteórica e sem brilho pelo Fluminense. Coincidentemente, quando chegou, o time vinha bem no Campeonato Brasileiro e depois teve uma queda grande no rendimento. Mas, para Mário Bittencourt, o apoiador não foi o responsável por isso. O vice de futebol acha injusto atribuir a apenas um o mau momento de toda a equipe.

– Não me arrependo apenas das coisas que não faço. Todos nós analisamos os fatos sem analisar os números. O time passou por uma queda vertiginosa, mas dos três primeiros jogos após a chegada dele, não jogou e o Fluminense perdeu. Sábado ele estava no campo e vencemos. O jogo contra o Grêmio, pelo Brasileiro, na estreia dele, vencemos. O jogo contra o Figueirense, ele estava no campo e vencemos. Acho que seria injusto da minha parte e de todos associar a queda de rendimento à chegada do Ronaldo. Seria muito simples e fácil justificar o momento ruim, devido a vários fatores que já falei aqui em coletiva, jogar nas costas do Ronaldo. Entendo a pergunta. Não causa arrependimento e não acho que o Ronaldo foi responsável pela queda de rendimento do time – comentou.


Sem comentários