Fla-Flu na final da Taça Guanabara rendeu R$ 200 mil em aluguel ao Botafogo (Foto: Úrsula Nery - Ferj

Sem o Maracanã, o Engenhão aparece como principal opção no Rio de Janeiro para os jogos da reta final do Campeonato Carioca. Neste sentido, o Botafogo já olha para o lucro que pode ter com isso e estuda dobrar o aluguel do Estádio Nilton Santos nas partidas das semifinais e final do Estadual.

A ideia no Alvinegro é cobrar R$ 400 mil por jogo. O Fla-Flu que decidiu a Taça Guanabara custou R$ 200 mil.

Para isso, o Botafogo terá de levar a questão para ser discutida em arbitral. Além do aluguel, nos jogos no Engenhão o Alvinegro ainda fica com toda a receita de estacionamento e camarotes, além de ter participação na arrecadação dos bares.