(Foto: Nelson Perez - FFC)

Surgiu nesta manhã a informação de que o atacante Marquinhos Calazans foi vendido para o Atalanta (ITA), inclusive, com valores divulgados. O NETFLU apurou, entretanto, que a negociação, embora tenha evoluído, não foi oficialmente encerrada, já que o atleta não assinou o contrato. O site número 1 da torcida tricolor descobriu detalhes da proposta recebida pelo Fluminense, que negou as tratativas.

O Atalanta ofertou um valor aproximado de R$ 16 milhões por um contrato de quatro anos. No ato da assinatura, Calazans receberá 500 mil euros de luvas (R$ 1,9 milhão). O Fluminense ainda terá direito a 30% numa negociação futura do jovem, que passou a seguir o clube italiano nas redes sociais. Ainda não há uma data definida para Marquinhos Calazans viajar para Bérgamo.

NETFLU entrou em contato com o Fluminense, que confirmou a existência de uma primeira proposta de 3 milhões de euros (R$ 11,2 milhões). Esta foi recusada. A posição de momento do clube é que não existe negociação em curso com o Atalanta pela revelação de Xerém.

Recentemente, o Milan (ITA) procurou Calazans, mas a ideia inicial era aproveitá-lo no segundo time, o que não agradou ao jogador e seus representantes.

Uma debandada deve ocorrer no Fluminense. Até janeiro, outros três atletas, pelo menos, podem deixar o Flu. Richarlison interessa à Roma (ITA), Gustavo Scarpa, o futebol turco e Wendel, a Juventus (ITA). Este último, inclusive, tende a se transferir em janeiro.