Campeã de tudo, geração sub-17 é a mais promissora do Flu

Campeã de tudo, geração sub-17 é a mais promissora do Flu

alkassA geração 1996/1997 é mais promissora das categorias de base do Fluminense. Em 2013, disputou cinco campeonatos e venceu todos. Em 53 jogos, conquistou 37 vitórias, teve apenas cinco vitórias, 57% de aproveitamento e 150 gols marcados.

Os títulos no ano foram a Al Kass International Cup, no Catar, que contou com potências do futebol europeu, dois nacionais, a Copa Rio, Copa Nacional, Taça Guanabara e Torneio Guilherme Embry, estes últimos de nível estadual.

Os três principais jogadores não fazem parte do elenco sub-17. O goleiro Marcos Felipe e o atacante Kenedy já integram os profissionais e Robert, aos 16 anos, é o camisa 10 dos juniores.

– Não é normal ganhar tudo. Na realidade, é muito difícil. Da mesma maneira que temos um bom trabalho para atender os atletas, vários outros clubes pelo Brasil também tem. É uma surpresa positiva também porque a cada competição, a cada jogo, a pressão e a responsabilidade aumentam. Todos querem vencer o Fluminense. O time fica mais visado, os adversários entram mais concentrados, com mais vontade de vencer. Ao mesmo tempo, nós acabamos sendo pressionados porque todos esperam sempre o melhor da gente, esperam mais uma vitória. E quando perdemos é aquela surpresa – resumiu o técnico do Flu sub-17, Marcos Valadares.