Sérgio Corrêa, presidente da Comissão de Arbitragem
Sérgio Corrêa, presidente da Comissão de Arbitragem

Mesmo após a reivindicação dos árbitros, o presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, Sérgio Corrêa, garante a continuidade do Brasileiro. O mandatário do órgão vinculado à CBF, se diz tranquilo com a decisão.

– A regra diz que nenhuma partida deixará de ser realizada por falta de árbitro. Você pode ter certeza de que os jogos serão realizados – garantiu Corrêa.

O dirigente se refere ao artigo 71 do Regulamento Geral de Competições, que prevê a substituição dos árbitros ausentes por outros, de preferência integrantes da Relação Nacional de Árbitros de Futebol (Renaf).


Sem comentários