(Foto: Lucas Figueiredo - CBF)

A CBF atualizou o seu Guia Médico na última semana e informou que, em seus torneios (Brasileiro e Copa do Brasil) todos os jogadores terão de apresentar comprovação de vacinação completa para Covid-19.

“É OBRIGATÓRIO ao indivíduo a apresentação do comprovante de vacinação plena para a Comissão Médica Especial da CBF”, diz um dos trechos, incluindo as letras maiúsculas, do documento “Guia Médico de Sugestões Protetivas Para o Retorno Às Atividades do Futebol Brasileiro”.

Noticia o Estadão que outro trecho da CBF reitera que jogadores e membros de comissões técnicas precisarão ter o comprovante para ganhar condição de jogo.



“O Certificado de Vacinação PLENA para a COVID-19 é obrigatório para todos os atletas e membros da comissão técnica, sem o qual não haverá a elegibilidade para a inscrição em súmula nas partidas da Temporada 2022.”

Fora a vacinação, a CBF seguirá adotando a prática de testes rotineiros antes dos jogos. Resultado negativo também será cobrado na súmula.

O padrão destes testes será o de antígeno, cujo resultado sai mais rápido. Mas o PCR também poderá ser exigido. “A realização do teste RT-PCR será feita a critério da Comissão Médica Especial da CBF.” A entidade mantém as recomendações de uso de máscara, distanciamento social e higienização das mãos.