Ao contrário do que foi informado, Rui Costa não será o diretor-executivo de futebol do Fluminense se Celso Barros for eleito. Entrevistado pelo NETFLU, o candidato à presidência do clube, diz ter outras opções para o cargo.

– O nome para o futebol não é o Rui Costa. Está errado. Reconheço que conversei com o ele na última sexta, até achei uma pessoa muito legal, parece competente, mas não defini pelo nome dele. Estou com um outro nome que é da minha preferência e que tenho certeza que vai nos dar muitas alegrias – falou Celso, sem adiantar.

Rui Costa foi muito criticado em sua passagem pelo Grêmio. Durante três anos e cinco meses, contratou 48 jogadores e não conseguiu nenhum título.