(Foto: Lucas Merçon - FFC)

Foi realizada, na quarta-feira, a primeira audiência pública para tratar a próxima licitação do Maracanã. O edital será publicado em janeiro de 2022. Reinaldo Belotti, CEO do Flamengo, apontou o Fluminense como parceiro preferencial, mas não descarta outras hipóteses.

A dupla Fla-Flu vem administrando em conjunto o estádio desde 2019. Recentemente, o Vasco também manifestou interesse.

— (O plano do Flamengo) é ganhar essa licitação e operar durante 20 anos e, se possível, estender por mais cinco anos. Já demonstramos a capacidade de operar de uma maneira excelente o complexo e pretendemos ganhar a licitação e continuar nessa operação. Serão analisadas todas as possibilidades. Não descartamos nenhuma delas. Lembrando: fazemos parte da administração do Maracanã em conjunto com o Fluminense. É o nosso parceiro preferencial – afirmou Belotti.

O dirigente rubro-negro revelou que os clubes já estão conversando para formar um novo consórcio na nova licitação. A dupla Fla-Flu é a atual administradora do estádio, o que deve se estender até maio de 2022, quando existe a previsão de definição da concessão. Enquanto isso não ocorre, segue a preocupação com o gramado, volta e meia alvo de críticas por conta de sua condição.

— Eu acho que temos que analisar detalhadamente todo o calendário. Já estamos fazendo isso, pesquisando os melhores gramados do mundo para trazer para o Maracanã. É um conjunto de ações. O Flamengo e o Fluminense já estão prevendo fazer essa mudança estrutural do gramado já agora, independente da licitação. Somos os operadores – revelou.