barraEm 2010, o ex-atacante Ézio em parceria com Adilson Oliveira, fundaram o Barra da Tijuca Futebol Clube. O caçula da Série B do Estadual, perto de disputar a Primeira Divisão em 2015, tem as mesmas cores do Fluminense e sonhar em enfrentar sua inspiração no próximo ano.

– Eu tinha um time em homenagem a minha filha, o Yasmin. Depois com o Ézio quis fazer algo mais profissional. Quando estávamos escolhendo as cores, pensei em colocar vermelho, branco e verde. Mas meu pai pediu para colocar o grená. Vai ser legal se a gente conseguir subir e enfrentar o Fluminense no ano que vem, mas também os outros grandes. É um sonho chegar à Série A – contou Adilson, presidente do Barra.

Na equipe, o presidente também é jogador. Aos 44 anos, atuou por algumas partidas da Segundona do Rio, mas as estrelas da companhia são dois ex-botafoguenses: o goleiro Max e o atacante Zé Carlos, o Zé do Gol, ambos com 39 anos. Camilo, ex-Flamengo e Americano, também atua pelo time da Zona Oeste, que contou com os gols de Dodô e Tuta, ex-tricolores, em 2013.

Nesta quarta-feira, o Tigre enfrenta o Barra Mansa, em Los Larios, Duque de Caxias. quem vencer garante a primeira vaga na Série A do Carioca. Já o Barra da Tijuca terá sua decisão no próximo domingo, na partida contra o Barra Mansa fora de casa. Basta uma vitória para se garantir na elite do futebol do estado do Rio de Janeiro.


Sem comentários