Foto: Luiza Sá/LANCE

Vinte e cinco clubes das Séries A e B do Campeonato Brasileiro se reuniram nesta segunda-feira e chegaram em um consenso sobre a proposta de divisão de receitas para a adesão à Libra (Liga dos clubes brasileiros). O encontro durou cerca de três horas e o próximo passo é conversar com os outros dirigentes da Libra.

A ideia dos clubes que se reuniram é que a divisão seja feita dessa forma: 45% igualitários, 30% proporcionais ao resultado esportivo e outros 25% equivalentes à audiência, presente em estádio e pelo engajamento nas redes sociais oficiais.

Esses critérios de engajamento é que são considerados o maior impasse no momento, por se tratarem de critérios subjetivos. Na reunião, além do Fluminense, estiveram os seguintes clubes abaixo:


América-MG, Atlético-GO, Avaí, Ceará, Athletico-PR, Atlético-MG, Coritiba, Cuiabá, Juventude, Fortaleza, Goiás, Internacional, Chapecoense, Brusque, CSA, CRB, Náutico, Criciúma, Guarani, Londrina, Operário, Sampaio Corrêa, Sport e Vila Nova. Por conta do jogo desta terça pela Série B, o Grêmio não enviou representante.