O Campeonato Carioca de 2021 tem data prevista para iniciar em 27 de fevereiro, apenas três dias depois da última rodada do Brasileirão de 2020. O torneio contará com um novo formato em relação às edições anteriores, sendo disputado em turno único, todos contra todos (em 11 rodadas), com os quatro primeiros avançando para fazerem semifinal e final.

Em sua coluna no Jornal “O Dia”, o jornalista e radialista Washington Rodrigues, o Apolinho, comentou sobre o Estadual do Rio e ainda informou que clubes poderão sofrer punições caso escalem times alternativos após a data estipulada pela Ferj. A punição, no caso, será a perda dos direitos às cotas de transmissão da TV.

Confira, na íntegra, o texto publicado pelo jornalista em sua coluna:

“Com regulamento debatido, aprovado, formatado e tabela publicada, o Carioca de 2021 começará em 27 de fevereiro, três dias depois do encerramento do Brasileiro. Serão 11 rodadas, todos se enfrentando em pontos corridos, com os quatro primeiros decidindo o título no mata-mata nas semifinais e final. O presidente Rubens Lopes acredita que tenha sido a melhor opção para enfrentar o calendário achatado pela pandemia.

Os clubes terão o faturamento do pay-per-view integral, além da premiação e cotas de televisão ainda a serem definidas. Para proporcionar um intervalo para recuperação, os clubes participantes do Brasileiro poderão usar equipes alternativas até o dia 13 de março, terceira rodada. Depois disso, os que ainda usarem reservas perderão direito a cotas de transmissão. Ainda falta definir a quem caberá os direitos de transmissão, uma vez que há mais de uma emissora interessada e as propostas estão sob análise”