(Foto: Lucas Merçon/FFC)

Respeitado pela atual diretoria do Fluminense, Fernando Diniz tem o respaldo e a admiração também dos candidatos à presidência do clube no próximo pleito, marcado para o dia 08 de junho. A virada do Tricolor sobre o Grêmio no último domingo parece ter sido a cereja do bolo que coroou o bom trabalho realizado pelo técnico até aqui na temporada.

Até o momento, quatro candidatos à presidência do clube estão confirmados: Ayrton Xerez, Marcelo Souto, Mario Bittencourt e Ricardo Tenório. Apesar das diferenças políticas, os quatro têm uma semelhança: apoiam a continuidade do trabalho do treinador, o que indica que, seja lá quem for eleito, Fernando Diniz terá seu ciclo mantido nas Laranjeiras.

– Fernando Diniz contará com nosso apoio. Não sou adepto a trocas de treinadores durante o ano. Um treinador precisa de estabilidade e tempo para colocar em prática suas ideias. Ele tem muito a contribuir não só com o futebol no Fluminense, como também a nível nacional. Portanto, no que depender de mim, ele será sim meu treinador – analisou Marcelo Souto.

– Eu e Celso (Barros, candidato a vice) gostamos do trabalho do Diniz e de todo o departamento. O Flu é muito bem servido com os profissionais que tem, não só no comando técnico, mas também com relação ao estafe e retaguarda. Caso sejamos eleitos temos a intenção de manter o que está funcionando bem e dando resultados. E dar um suporte ainda mais profissional – destacou Mário Bittencourt.

– Gosto do trabalho do Fernando Diniz. Domingo ele deu demonstração que está no caminho correto. Pelo jogo contra o Grêmio, sim eu manteria o Diniz, mas futebol não se mede por um resultado favorável ou não, e sim pela sequência do trabalho, pelo resultado do projeto – apontou Ricardo Tenório.