Comes e bebes no Maracanã terão preços indigestos para o público

Comes e bebes no Maracanã terão preços indigestos para o público

O Novo Maracanã não impressiona apenas pela beleza. Quem for domingo ao novo Maracanã, ou que  for assistir a uma partida da Copa das Confederações, já pode preparar o bolso. Os preços nos bares do estádio estão pelas nuvens e em alguns casos chegam a mais de 200% dos valores praticados pelo mercado. As placas já estão colocadas e não tem mais volta: é pagar ou nada.

Para se ter uma ideia da inflação, um biscoito de polvilho, que nas praias chega a custar R$ 2, no Maracanã vai custar R$ 5. Um pacote de grande de batata frita custa cerca de R$ 4 nos supermercados, mas no Maracanã um pequeno vai custar R$ 7.  O biscoito de tortilha salta de R$ 4,75 para R$ 7.

Outro valor que assusta é o do tradicional mate com cachorro quente. Enquanto que a bebida custa R$ 3,50 no comércio da cidade, no estádio vai sair pelo dobro do preço.