Senado aprova pena de até quatro anos para brigas no futebol

Senado aprova pena de até quatro anos para brigas no futebol

Invasões a treinos também estão previstas em texto
Invasões a treinos também estão previstas em texto

A Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado aprovou nesta terça-feira o projeto do senador licenciado Armando Monteiro (PTB-PE), que prevê penas de até quatro anos de prisão para torcedores que se envolverem em tumultos e brigas, ou praticar atos de vandalismo em jogos de futebol. A medida do hoje ministro do Desenvolvimento agora será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Tais penas também contarão para torcedores que invadirem treinos e arrumarem brigas em um raio de até cinco quilômetros do local do jogo. Confusões no trajeto de ida e volta de torcidas organizadas também estão incluídas no projeto.

No caso de porte de armas e instrumentos que possam ser usados para atos de violência, não só o torcedor como presidentes e diretores de torcidas responderão.


Sem comentários