Confira as opções disponíveis no mercado nacional

Confira as opções disponíveis no mercado nacional

mercado2O fechamento da janela de transferências internacionais diminuiu a oferta de bons jogadores para o Fluminense. A diretoria nega, mas reforços podem chegar a qualquer momento. Se atletas forem contratados, porém, estes virão apenas de clubes brasileiros.
Da Série A, o Tricolor poderá acertar apenas com aqueles que não completaram sete partidas. Nas Séries B, C e D o número é ilimitado. Confira abaixo as principais opções no mercado:

 

Goleiros

Dênis (São Paulo) – 1 jogo
Édson Bastos (Ponte Preta) – 4 jogos
Julio César (Corinthians) – nenhum jogo
Marcelo Grohe (Grêmio) – nenhum jogo
Paulo Victor (Flamengo) – nenhum jogo
Renan (Botafogo) – 4 jogos

Zagueiros
Alex Silva (Flamengo) – nenhum jogo
Antônio Carlos (Botafogo) – 6 jogos
Chicão (Corinthians) – 4 jogos
Cris (Grêmio) – 3 jogos
Diego Sacoman (Ponte Preta) – 4 jogos
Dória (Botafogo) – 4 jogos
Émerson (Coritiba) – 3 jogos
Fábio Ferreira (Criciúma) – 3 jogos
Léo (Cruzeiro) – nenhum jogo
Rafael Marques (Atlético-MG) – 3 jogos
Renato Santos (Flamengo) – 4 jogos
Renato Silva (Vasco) – 6 jogos
Victorino (Cruzeiro) – nenhum jogo

Laterais-direitos
Artur (Ponte Preta) – 5 jogos
Bruno (Fluminense) – 4 jogos
Bruno Peres (Santos) – nenhum jogo
Caramelo (São Paulo) – 1 jogo
Carlos César (Atlético-MG) – 1 jogo
Ceará (Cruzeiro) – 5 jogos
Jussandro (Bahia) – 6 jogos
Luís Ricardo (Portuguesa) – 5 jogos
Neto (Bahia) – 2 jogos
Vitor (Goiás) – 5 jogos

Laterais-esquerdos
Eltinho (Náutico) – 3 jogos
Fábio Aurélio (Grêmio) –nenhum jogo
Guilherme Santos (Santos) – nenhum jogo
Ivan (Portuguesa) – 3 jogos
Juan (São Paulo) – 5 jogos
Ramon (Flamengo) – 2 jogos
Rodrigo Biro (Ponte Preta) – 4 jogos
Uendel (Ponte Preta) – 6 jogos

Volantes
Airton (Internacional) – 6 jogos
Amaral (Goiás) – 5 jogos
Deivid (Atlético-PR) – 3 jogos
Dudu Cearense (Goiás) – 5 jogos
Elicarlos (Náutico) – 4 jogos
Fellipe Bastos (Vasco) – 6 jogos
Ferdinando (Portuguesa) – 6 jogos
Fillipe Soutto (Vasco) – 2 jogos
Gil (Coritiba) – 6 jogos
Leandro Guerreiro (Cruzeiro) – 5 jogos
Lucas Zen (Botafogo) – 4 jogos
Marcos Assunção (Santos) – 1 jogo
Martinez (Náutico) – 4 jogos
Neto Coruja (Vitória) – 4 jogos
Tinga (Cruzeiro) – 2 jogos
Willian Farias (Coritiba) – 2 jogos

Meias
Carlos Alberto (sem clube) – 2 jogos
Dátolo (Internacional) – 4 jogos
Elber (Cruzeiro) – 3 jogos
Ivo (Criciúma) – 5 jogos
Lincoln (Coritiba) – 6 jogos
Marco Antônio (Grêmio) – nenhum jogo
Moisés (Portuguesa) – 3 jogos
Patito Rodriguez (Santos) – 2 jogos
Tartá (Goiás) – 6 jogos
Vitor Júnior (Internacional) – 2 jogos
Zezinho (Atlético-PR) – 4 jogos

Atacantes
Alemão (Ponte Preta) – 3 jogos
Arthur (Coritiba) – 2 jogos
Borges (Cruzeiro) – 2 jogos
Bruno Mendes (Botafogo) – 1 jogo
Caio (Internacional) – 2 jogos
Ciro (Atlético-PR) – 1 jogo
Diogo (Portuguesa) – 5 jogos
Eder Luís (Vasco) – 5 jogos
Everton Costa (Coritiba) – 5 jogos
Guilherme (Atlético-MG) – 6 jogos
Henrique (Santos) – 2 jogos
Hernane (Flamengo) – 6 jogos
Julio César (Coritiba) – 1 jogo
Junior Viçosa (Goiás) – 2 jogos
Lins (Criciúma) – 6 jogos
Lucca (Cruzeiro) – 4 jogos
Marquinhos (Vitória) – 5 jogos
Neto Berola (Atlético-MG) – 3 jogos
Obina (Bahia) – 1 jogo
Rafinha (Flamengo) – 6 jogos
Silvinho (São Paulo) – 5 jogos