Ganso fez cinco gols pelo Fluminense em 2019 (Foto: Lucas Merçon - FFC)

O Fluminense inicia 2020 com o elenco ainda a ser formado. No meio de campo, Ganso e Nenê são as opções para a criação, já que Daniel deixou o clube e foi contratado pelo Bahia. Principal aquisição tricolor em 2019, pelo menos no impacto, o camisa 10, ao que tudo indica, seguirá com o papel de protagonista.

Paulo Henrique Ganso é um dos líderes do elenco. Em campo, ainda não brilhou com a intensidade que dele se esperava. Na temporada passada, fez 47 jogos, cinco gols e deu duas assistências. O agora ex-tricolor Daniel atuou em 56 oportunidades, marcou uma vez e deu dez passes que terminaram com a bola na rede.

Contratado no meio do ano, Nenê fez 27 partidas e três gols. Ainda deu quatro assistências. Pesa a favor do meia na comparação fria dos números a recordação de que não jogou o Campeonato Carioca, no qual enfrentaria adversários em tese mais fracos. Isso também vale para a Copa do Brasil, pelo menos no que diz respeito às primeiras fases.