Sub-23 enfrentará o Vila Nova na semifinal (Foto: Mailson Santana - FFC)

Projeto idealizado pelo diretor de futebol Paulo Angioni, o sub-23 do Fluminense está na semifinal do Campeonato Brasileiro da categoria. Enfrentará o Vila Nova nesta etapa. O time vive apenas seu primeiro ano de existência.

Os aspirantes tricolores iniciaram o Brasileiro com Marcão no comando. Com sua subida para substituir Odair Hellmann no profissional, Ailton assumiu o posto. Na competição, passou na primeira fase com a segunda posição do Grupo B, com 11 pontos em oito jogos. Já na segunda fase, foi o primeiro na Chave D, com nove pontos em seis partidas. No total, disputou 14 jogos, com cinco vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Fora a competição, disputou dois amistosos com o sub-20 do Botafogo na retomada do futebol após a paralisação das competições por conta da pandemia do novo coronavírus.

A equipe treina no CT Carlos Castilho e tem também como objetivo complementar o grupo principal. Dos 35 que entraram no Brasileiro de Aspirantes, catorze já complementaram relações da equipe profissional. Seis, inclusive, jogaram. Martinelli chegou até a ganhar o posto de titular antes de se lesionar. André também tem recebido oportunidades. Os outros que entraram foram Daniel, Nascimento, Wisney e Christian.

Luiz Henrique, de 19 anos, chegou a fazer parte do projeto e jogou os amistosos com o Botafogo, mas chamou a atenção do então treinador tricolor Odair Hellmann e foi imediatamente pinçado pro time de cima. A equipe ainda serviu para Frazan, de 24 anos, retomar o ritmo após sofrer grave lesão no joelho direito no início da temporada e ficar longo tempo afastado.

Confira a relação completa dos jogadores que entraram em campo no Brasileirão da categoria:

Arte: ge