Confira um bate-bola com o zagueiro Gum

Confira um bate-bola com o zagueiro Gum

Mais uma vez a zaga do Flu começa a sofrer críticas, algo que vocês vivem desde 2010. Qual o segredo para em 2013 dar a volta por cima novamente?

GUM: Acho que não estamos sendo contestados, estamos trabalhando forte, assim como em 2010 e 2012, anos em que fomos campeões e considerados a melhor zaga do Brasil, além de ter sido a defesa menos vazada. Vamos continuar trabalhando forte para recuperar o nosso retrospecto a favor.

Nos últimos jogos, são dez gols sofridos. As lesões e as constantes mudanças têm sido o diferencial para esses números?

GUM: Temos um planejamento e uma meta para cumprir. Estamos vivos nas duas competições. É claro que as lesões atrapalharam, mas isso não pode servir de desculpas. Vamos continuar trabalhando.

O que o Abel Braga tem conversado sobre os gols sofridos?

GUM: Tem nos dados orientações visando melhorar. Mas isso é mais particular entre nós, creio que com a sequências de jogos agora na Taça Rio voltaremos à normalidade.

Acha que a defesa está tendo um pouco de falta de sorte?

GUM: Temos de continuar fazendo o nosso trabalho e com um pouco de paciência vamos voltar naturalmente e vencer. Teremos a oportunidade de revertermos este cenário