Clima é tenso após erros de arbitragem (Foto: Divulgação/Conmebol)

A grande vitória do Fluminense por 2 a 0 sobre o Cerro Porteño (PAR) na última terça-feira, ficou em segundo plano para os torcedores paraguaios. O lance no qual o gol da equipe azul e grená foi mal anulado ainda segue tendo consequências. Mesmo com o afastamento de alguns membros do quadro de arbitragem da partida, torcedores querem a anulação da partida. Nesta sexta, a Conmebol abriu um processo disciplinar contra o clube por conta da manifestação da torcida em frente a sede da entidade, na noite de quarta.

No protesto, alguns torcedores pediram a saída de Alejandro Domínguez, presidente da organização.

O time paraguaio tem até às 19h da próxima quinta-feira, prazo dado pela Conmebol, para apresentar sua defesa no caso e poderá haver aplicação de sanções ou multas.