“Considero minha passagem muito vitoriosa”, analisa Sandrão

“Considero minha passagem muito vitoriosa”, analisa Sandrão

Sandro Lima fez um resumo de sua trajetória como homem forte do futebol do Fluminense. Apesar do ano de 2013 ruim, ele considera muito bom o trabalho exercido no clube.

– Sinceramente, considero minha passagem muito vitoriosa. Quando assumi, em 2011, todos achavam estranho e dizia que o Peter era maluco: “Vai colocar um cara do basquete no futebol?”, ninguém acreditava que eu duraria uma semana, até porque foi pós-saída de Muricy, pós-eliminação de Libertadores e com uma crise instalada no Futebol. Com a chegada do Abel, as coisas deram uma acalmada no começo, porém, com a falta de resultados, já me pediam a saída dele. Conseguimos segurar e fazer um segundo turno maravilhoso, ficando com o título simbólico. O ano de 2012 foi inesquecível, a única coisa que me chateou foi não ter conseguido o recorde de pontuação. E 2013, mesmo com alguns equívocos, até pelo momento financeiro difícil do clube, faria tudo igual novamente – avaliou Sandrão.