Consórcio de Eike Batista vence licitação do Maracanã

Consórcio de Eike Batista vence licitação do Maracanã

Contrato precisará ser assinado pelo secretário da Casa Civil do Governo do Rio de Janeiro, Régis Fichtner

O consórcio Maracanã S.A., formado por IMX – empresa de Eike Batista -, Odebrecht Participações e a AEG, foi considerado habilitado para gerir o Complexo do Maracanã. Agora, o contrato precisará ser assinado pelo secretário da Casa Civil do Governo do Rio de Janeiro, Régis Fichtner.

Para gerir o complexo pelos próximos 35 anos, o consórcio pagará $ 5,5 milhões anuais (o que dá um total de R$ 181,5 milhões).